CENSO 2022

IBGE abre 128 vagas de emprego em VG

Published

on

Segundo o prefeito Kalil  Baracat, o censo será importante para a cidade corrigir distorções na partilha de impostos federais, estaduais e municipais.

Uma parceria entre a Prefeitura de Várzea Grande e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) está oportunizando 128 vagas para recenseadores que irão trabalhar exclusivamente no município, na coleta de dados para o Censo 2022.


As vagas são para nível fundamental completo e as inscrições podem ser feitas até a próxima quarta-feira (15) no Portal do IBGE. A oportunidade de emprego temporário é para o processo seletivo simplificado complementar (PSS).


“O Censo é realizado a cada 10 anos e estava previsto para 2020, mas foi adiado nos últimos 2 anos por causa da pandemia da COVID-19 e de problemas orçamentários. O Supremo Tribunal Federal – STF determinou, contudo, que o governo federal realizasse o Censo em 2022 e para isso precisamos da cooperação das prefeituras para ajudar na divulgação, na disponibilidade de locais para realizarmos os treinamentos e outras ações que são fundamentais para todo o processo”, explica o chefe substituto do IBGE em Mato Grosso, Marcio Cavichiolli completando que o apoio do poder público municipal é fundamental para a realização do Censo, principalmente, no trabalho de conscientização da população local para que receba em sua residência um pesquisador do IBGE.

O prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, lembra que em março deste ano esteve reunido com a equipe do IBGE e defende que é através do censo demográfico que o município vai corrigir distorções na partilha dos recursos federais e estaduais arrecadados pelos Governos Federal e Estadual. “Além de gerar emprego e renda, mesmo que temporariamente aos várzea-grandense, os recenseadores darão mais transparência à realidade de Várzea Grande que é a segunda maior de Mato Grosso e a 97ª mais populosa do Brasil e não recebe os repasses de transferência como deveria justamente por não ter um número consolidado de sua população”, disse.

Kalil Baracat ainda pontuou: “A partilha dos impostos arrecadados pelos Governos Federal e Estadual e que pertencem aos municípios levam em consideração a população como quesito primordial, logo se temos uma divergência entre os residentes em nossa cidade, passamos a receber menos recursos do que o correto, por isso o Censo é tão essencial para Várzea Grande e para as demais cidades brasileiras, pois só se faz justiça social contabilizando todos aqueles residentes e que devem ter acesso a educação, a saúde, ao social, a segurança e as obras que garantem qualidade de vida para todos”, frisou o prefeito de Várzea Grande.

Para o prefeito de Várzea Grande uma das melhores formas para promover o desenvolvimento da cidade é através da geração de emprego e renda, tornando o maior número de pessoas economicamente ativos para que o desenvolvimento seja uma realidade.
“Recentemente estivemos em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul, em busca de conhecimento, know-how para que ainda neste ano de 2022 possamos colocar em funcionamento o Parque Tecnológico visando propagar a inovação e o empreendedorismo, sendo atrativo para novas indústrias e a capacitação de mão de obra especializada” asseverou Kalil Baracat.

A SELEÇÃO

Em Mato Grosso foram disponibilizadas 1.691 vagas para recenseadores, sendo 128 para Várzea Grande e, em todo o país 48.535 vagas. Após inscrição gratuita pelo endereço eletrônico https://www.ibge.gov.br, a seleção será feita por análise curricular.

“Os candidatos devem preencher o formulário com os dados relativos à formação e essa análise de títulos será classificatória. Quando forem convocados, eles precisam comprovar a titulação”, explica o coordenador de Recursos Humanos, Bruno Malheiros.
De acordo com o edital, é recomendado que o recenseador tenha uma jornada de trabalho mínima de 25 horas semanais. O profissional também passará por um treinamento obrigatório antes do início da coleta do Censo. A divulgação do resultado está prevista para o dia 30 de junho.

O recenseador tem como principal função entrevistar os moradores durante a coleta. Como a remuneração é por produção, ela pode variar de acordo com o tempo dedicado ao trabalho e o grau de dificuldade na abordagem aos domicílios. É possível calcular uma estimativa do valor a ser recebido também no Portal do IBGE. A previsão de duração de contrato do recenseador é de até três meses.
As contratações serão efetuadas nos termos da Lei 8.745, que permite a admissão de pessoal por tempo determinado a fim de atender a necessidade temporária de excepcional interesse público.

TREINAMENTO DE AGENTES CENSITÁRIOS

O Censo Demográfico 2022 inicia em 1º de agosto, mas de 06 a 15 de junho está sendo realizado em Várzea Grande, no Anexo I da Secretaria de Educação Cultura Esportes e Lazer, o treinamento para 25 alunos, entre Agentes Censitários Municipais (ACMs) e Agentes Censitários Supervisores (ACSs).

De acordo com o coordenador Censitário de Subárea, Jairo Souza da Silva, esta é a quinta etapa de treinamento do Censo 2022 e “esses agentes censitários foram contratados pelo IBGE na última semana e serão os instrutores, entre 18 e 25 de julho, dos recenseadores que trabalharão em Várzea Grande.

 

Advertisement

VÁRZEA GRANDE

VG e IFMT abrem inscrições para microempreendedor

Published

on

KALIL BARACAT PREFEITO DE VARZEA GRANDE

O cadastro para capacitação pode ser feito em uma das unidades do centro de referência em assistência social, na sede da Secretaria de Assistência Social e na IFMT

Mesmo em viés de baixa, o desemprego no Brasil supera a marca dos 10,6 milhões de pessoas e a Prefeitura de Várzea Grande está se unindo a instituições educacionais como o Instituto Federal de Mato Grosso – IFMT, para capacitar e permitir que novos empreendedores ocupem as atuais vagas de trabalho em indústrias e empresas que tem cada dia mais exigido dos interessados em trabalhar, capacitação, empreendedorismo e vontade de vencer.

Partindo desta premissa e acolhendo determinação do prefeito Kalil Baracat, e pedido de parceiros, como indústrias, comércios e empresas que tem recebido currículos da Secretaria de Assistência Social e aberto vagas para diminuir o exagerado número de desempregados, mas com trabalhadores capacitados, é que está sendo aberta inscrições para microempreendedores individuais.

“Várzea Grande, por meio da Secretaria de Assistência Social, em parceria com o Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), dá início a segunda etapa do curso de Microempreendedor Individual, cujo objetivo é promover a formação, aperfeiçoamento e capacitação profissional, aquelas pessoas que desejam se empreender e montar o seu próprio negócio, uma opção a mais para reverter o desemprego, pois mesmo estando em queda, se percebe claramente que grande parte das vagas geradas são para trabalhadores sem carteira assinada, o que torna os mesmos informais, quando na realidade o país, Várzea Grande e Mato Grosso precisam de empregos formais, com garantias e vantagens”, disse o prefeito Kalil Baracat.

As inscrições estão abertas e os candidatos terão até o dia 14 de julho para se inscrever a uma das 240 vagas que estão sendo disponibilizadas para os residentes no município.  O cadastro para a capacitação pode ser feito em uma das unidades do Centro de Referência em Assistência Social – CRAS – dos bairros Cristo Rei, Santa Maria, Jardim Glória e São Mateus e na Sede da Secretaria de Assistência Social e do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT).

 

Kalil Baracat destaca que Várzea Grande está em um momento de transformação e de retomada econômica e que muitas oportunidades irão surgir, principalmente, porque o município vai abrigar o Parque Tecnológico, com ampliação de novas indústrias, o que vai gerar mais emprego e renda para a população. “E a capacitação profissional é um dos requisitos que favorece na contratação de mão de obra, independente, do setor de atuação. Por isso a importância de o profissional estar preparado”.

A titular da pasta, Ana Cristina Vieira explica que o curso de Microempreendedor Individual faz parte do programa Qualifica + VG e que o IFMT é uma das instituições parceiras da Prefeitura Municipal, e que disponibilizou à população local 500 vagas para essa modalidade. “A primeira turma, composta por 260 alunos, estarão nesta primeira quinzena de julho, concluindo o curso, por essa razão estamos abrindo neste momento as inscrições para a segunda turma. É importante que os interessados em participar do curso de Microempreendedor Individual, que é um dos mais concorridos, estejam atentos ao período de inscrição que será de 4 a 14 de julho”, alertou.

A gestora disse ainda que neste ano de 2022 a Secretaria de Assistência Social vai ampliar ainda mais as parcerias de serviços, com intuito de oferecer a população, vários cursos de capacitação. “Estamos neste primeiro momento, junto com o Instituto Federal de Mato Grosso, oferecendo o curso de Microempreendedor Individual, porém outros estão em análise, e tão logo se confirmem, estaremos abrindo novas inscrições”, pontuou a secretária.

CRITÉRIO: Para se candidatar ao Curso de Microempreendedor Individual, é preciso ter idade mínima de 18 anos, ensino fundamental completo; ser beneficiário ou familiar de alguém que receba o Auxílio Brasil (com comprovação), ou estar registrado no CadÚnico de programas sociais do governo federal. Para a efetivação da inscrição é necessária ainda a apresentação do comprovante de residência, dados bancários (cópia do cartão), certidão de nascimento, histórico escolar, RG, CPF, cartão NIS, cartão de vacinação e quitação militar (obrigatório para o sexo masculino).

Os alunos que efetivarem a inscrição irão receber todo o kit escolar, uniforme, material impresso, auxílio transporte e alimentação.

Continue Reading

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA