POLÍCIA

Dois suspeitos são presos e Polícia Civil localiza acessórios e roupas levados de concessionária de motos

Published

on

Dois suspeitos foram presos em flagrante nesta quinta-feira (23.06), em Cuiabá, pela equipe da Gerência de Combate ao Crime Organizado pelos crimes de tráfico, associação para o tráfico, receptação e posse ilegal de munições. Nas residências onde foram detidos, os policiais civis apreenderam roupas e acessórios furtados de uma loja de motocicletas, além de outras peças masculinas possivelmente produtos de outro crime.

Além dos dois rapazes de 23 e 21 anos presos, a Polícia Civil deteve também uma mulher de 51 anos no bairro Lixeira, na Capital, em uma casa onde funcionaria um ponto de tráfico de drogas e onde estava parte dos produtos levados da concessionária de motos.

A equipe da GCCO iniciou as diligências após receber o registro da ocorrência de um furto a uma concessionária de motocicletas, localizada no bairro Bandeirantes, na madrugada do dia 22 de junho. Suspeitos arrombaram o vidro do local e levaram três capacetes e duas jaquetas motociclísticas, materiais avaliados em mais de R$ 7,8 mil.

Em diligências, os investigadores localizaram no bairro Lixeira com dois suspeitos com um dos capacetes furtados. Na residência deles foram localizados outros produtos no interior da casa, como drogas, balanças e uma pistola com 11 munições, além de diversas peças de roupas masculinas todas etiquetadas e novas, possivelmente produto de crime.

Leia Também:  Aluna invade escola e espanca rival a pauladas em VG

Detidos, os dois suspeitos confessaram que em outra residência no mesmo bairro estavam os produtos furtados da concessionária na noite anterior. Ao chegar ao local, o suspeito havia fugido e a equipe foi atendida pela mulher que disse apenas locar um cômodo para o rapaz, omitindo em dizer que seria avó dele.

Em buscas no quarto, após autorização da moradora, os investigadores apreenderam munição de calibre 9mm, duas jaquetas e um capacete motociclísticos, todos do furto à furto concessionária da Yamaha. Na casa também havia uma balança de precisão e outros apetrechos utilizados para o tráfico de drogas, um simulacro de pistola e uniformes usados por prestadores de serviço da concessionária de energia.

Após a apreensão dos materiais, a dona da casa confirmou ser avó do suspeito e no quatro dela foram localizadas mais munições de calibre 9mm. Ela foi conduzida à GCOO, onde foi autuada em flagrante por posse ilegal de munições e terá fiança arbitrada.

Os dois suspeitos foram autuados por tráfico e associação para o tráfico de drogas, receptação e posse ilegal de arma de fogo.

Leia Também:  Homem leva tiro enquanto bebia com amigos

Os procedimentos serão encaminhados às respectivas unidades policiais para sequência das investigações sobre tráfico de drogas e crimes contra o patrimônio.

Fonte: PJC MT

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POLÍCIA

PM prende “homem aranha” e comparsas antes de roubo contra caminhoneiro

Published

on

A Polícia Militar prendeu na noite desta quinta-feira (11), uma quadrilha que planejava assalto e sequestro de um motorista de caminhão carregado de grãos. A prisão aconteceu durante um bloqueio realizado na rodovia estadual MT 246, proximidades do Distrito de Bauxi, em Rosário Oeste (140 km de Cuiabá). Um quarto suspeito apontado como o “homem aranha” da organização também foi detido. Com os bandidos foram apreendidas uma arma, munições e máscaras balaclava.

Consta no registro da ocorrência, que a equipe do 7º BPM realizava um bloqueio policial na MT 246 quando foi abordado um veículo Chevrolet Celta de cor branco, com três ocupantes, todos apresentando nervosismo.

Durante busca veicular os militares localizaram um revólver calibre 38, com sete munições intactas. Todos os suspeitos foram detidos e encaminhados para a delegacia de Rosário Oeste, pois nenhum deles assumiu ser dono da arma.

Já na delegacia, segundo a Polícia Militar, os suspeitos confessaram que circulavam pela região com o objetivo de roubar um caminhão carregado de grãos e ainda sequestrar o motorista até que fosse feito o transporte da carga roubada. Os criminosos indicaram ainda um quarto suspeito, que tinha a função de de atuar como “aranha” do grupo criminoso.

O bandido pulava no caminhão e soltava as mangueiras, fazendo com que o caminhão parasse e assim a quadrilha pudesse praticar o assalto. Na residência de um deles foram localizadas diversas porções de droga, prontas para serem vendidas, além de duas máscaras balaclava e algumas peças de roupas.O crime será investigado pela Polícia Civil.

Leia Também:  Polícia conclui inquérito de pai que estuprou três filhas em MT
Continue Reading

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA